terça-feira, 31 de julho de 2012

Dia do Orgasmo: o que não sabe e as dicas para chegar lá


Esta terça-feira comemora-se o Dia do Orgasmo. A data foi criada em 1999 por diversas redes de sex shops britânicas para fomentar as vendas dos produtos eróticos e incentivar debates sobre prazer sexual feminino.

Para assinalar a data, deixamos-lhe algumas curiosidades sobre o tema e dicas para que não o momento.


1. Existem cirurgias plásticas para facilitar o orgasmo

A técnica G-Shot, assim é conhecida nos Estados Unidos da América, custa cerca de 1405 euros e traduz-se em injeções intravaginais de colágeno, que aumenta o atrito durante a penetração, permitindo, assim, que a mulher atinja o orgasmo mais facilmente.

2. «222» é o recorde mundial de orgasmos

Acredite. O recorde, que pertence Deanna Webb e que foi registado durante o evento Masturbate-a-Thorn, em 2009, na Dinamarca, será difícil de bater.

De acordo com o médico Celso Marzano: «Isto acontece porque o corpo feminino é capaz de manter a excitação, mesmo após o primeiro orgasmo. Por isso, com estímulo, é capaz de sentir um novo clímax», explica.

3. As mulheres têm mais orgasmos com homens ricos

Para os cientistas da Universidade de Newcastle, o dinheiro é um fator que pode influenciar o orgasmo. As mulheres, que tendam a ficar, muitas vezes, preocupadas com outras coisas durante o ato sexual, nomeadamente com as contas que têm para pagar, perdem o orgasmo na «hora H». Ora, se a mulher tiver a vida facilitada nesse sentido, acaba por entregar-se muito mais ao «momento».

4. Os preliminares devem durar entre 15 e 20 minutos

É claro que varia de pessoa para pessoa e depende do momento. No entanto, para o médico Celso Marzano, as mulheres precisam de 15 a 20 minutos de preliminares para estarem suficientemente lubrificadas e excitadas, para uma penetração com bastante prazer. Outro dos ingredientes necessários, tanto para as mulheres como para os homens, é o toque. O toque permitirá a ambos conhecer o corpo e descobrir o que lhes dá mais prazer.

5. Um orgasmo pode dar origem a uma descarga elétrica de até 244 mil volts

Durante o orgasmo as paredes da vagina libertam energia e sofrem contrações musculares involuntárias, seguidas de uma sensação de relaxamento. De acordo com Jairo Bouer e Marcelo Duarte, autores do «Guia dos Curiosos - Sexo», a descarga elétrica produzida por cinco mulheres quando têm um orgasmo seria suficiente para acender uma lâmpada.

6. A formação pode influenciar no orgasmo

De acordo com um estudo realizado na Alemanha, as mulheres que têm mais formação têm menos hipóteses de atingir o orgasmo. O estudo foi realizado com 2 mil mulheres com idades compreendidas entre os 18 e os 49 anos.

Das entrevistadas 62% possuíam ensino superior e afirmaram que têm problemas frequentes para atingir o orgasmo, já 38% das mulheres com menos formação relataram o mesmo problema.

Para os cientistas, a possível explicação está na diferença entre os perfis, pois as mulheres que estudaram mais, geralmente, possuem mais responsabilidades e, consequentemente, mais stress, o que leva a que haja um maior bloqueio sexual.

domingo, 29 de julho de 2012

terça-feira, 24 de julho de 2012

Confraria Etílica Orlando “Bracim”: Progressão Geométrica e Espetinho de Porco - Por @tavares_512

BUTECANDO – Por Leonardo Tavares

     “Mar Mosss” – Diga a verdade, existe expressão mais conquistense?! Também pudera, estamos perto de Minas e além de alguns vocábulos adotamos o gosto pela cachaça. E essa preciosidade é encontrada, principalmente, nos botecos. Como vou falar de cachaça boa, vou falar da mais antiga e freqüentada cachaçaria da cidade. Fica ali, subindo a Av. Laudicéia Gusmão e no final, virando “de cum força” à direita, bem à direita, depois do posto de combustível, na TV. da Conquista. Lá encontraremos resenha, cachaça e o melhor espetinho de porco em Vitória da Conquista. Só não espere encontrar um lugar pra sentar.
        
            Hoje, na Coluna do Butecando, “Confraria Etílica Orlando Bracim”, que tem Dui (ou Jr.) como garçom, proprietário, caixa, despachante e piadista. Pessoa de humor escrachado e fácil de fazer amizade, que por si só já é motivo de visita ou de desculpa pra se tomar uma. Resenhista de plantão, flamenguista doente e Fã do Tears for Fears (Tia Sofia) ele foge do estereótipo do “Dono de Buteco”.

            Não cabe mais que sete pessoas do balcão pra porta. Mesa? Cadeira? Pra que?! Pinga se toma é em pé e batendo resenha na calçada, escorado em muro ou em um carro que por lá esteja. Falando da vida – sua ou alheia – lá você degusta as mais variadas pingas: Gabriela, Canela, Cravinho, Quebra-Pedra, Junça, Anis, Catinga-de-Porco, Catuaba, Jatobá, Baba-de-Timão, Abacaxi, Jenipapo, Tangerina, Guaraná, Tamarindo, Goiaba, Pau Brasil, Pra-Tudo, Fedegoso, Temperada de Parida... e por aí vai. Agora pense que cada uma pode ser misturada com a outra (ou outras), dando uma combinação única. É quase uma Progressão Geométrica.

    As mais pedidas são o Xarope, a Caipirinha de Erva Doce e a Jabuticaba Gelada. Mas tem quem goste de amargo e quem gosta muito, pede o Chá de Dragão. Ali sim, amarga até a alma, mas vale à pena tomar nem que seja uma única vez, só pra ver como a vida é doce.

    E “Na Bundinha”?! Todos que tomam gostam, mas se você for do tipo conservador peça “Uma Furada”. Nada mais é do que a lata da cerveja, de cabeça para baixo, furada no fundo servida com sal grosso (por fora da lata) com limão espremido. Altamente viciante. Se não tomou, tome!

Nada melhor pra acompanhar a “Temperada” ou a Cerveja, do que o espetinho do Churras Kinho – Sugestivo, não?! Pois é, Kinho é o dono, mas seu nome é Alessandro (hã?!). Churrasqueiro de Primeira e dono do melhor espetinho de porco da cidade. Tem outros espetos (Carne, frango, calabresa...), mas o de porco é imbatível – Gosto do de coração também. Peça o molho especial caseiro, com fórmula secreta, mas acho que o segredo é não ter segredo nenhum. Tudo acompanhado com dois tipos de farofa: a com pimenta e a sem.

Preço de cachaça – mas não de banana – tanto o do espetinho como os das temperadas cabem no seu bolso, ou no de Dui e Kinho se assim preferir. A verdade é que você sai de lá “no ponto” e satisfeito, gastando o que se gasta em boteco.

Local tão agradável e descontraído quanto festa na cozinha de nossas casas. Digno de se levar amigos de longa ou curta data, amigas ou namoradas, ou apenas ir só e papear com quem esta por lá sobre qualquer que seja o assunto. Resenha garantida. Lá é onde se termina o dia ou se começa a noite. Seja pra esquentar nosso clima ou pra entrar “no clima”, a Confraria Etílica de Orlando “Bracim” é a pedida.

@tavares_512 - Colunista do Diário do Oprimido

Aguardem: Butecandoporai.com.br – O site do butequeiro já está em construção.

sábado, 21 de julho de 2012

E aí baby, vai encarar? – Miguel Som da Tribo Cortes




 
O vídeo é um tributo a Miguel Cortes, radialista e agitador cultural da cidade de Vitória da Conquista. Idealizador e apresentador do programa O SOM DA TRIBO, Cortes morreu no dia 5 de Julho de 2012 entrando para a história da cena underground do rock conquistense.

Uma homenagem produzida pelo site Núcleo de Notícias
Por Caíque Santos

sábado, 14 de julho de 2012

Rapidinhas

*NO GINECOLOGISTA*

*A mãe, desesperada, pergunta pro médico:*

- O que houve com ela, doutor?

- Sua filha está com o clitóris igual a uma tampinha de caneta bic!

- Azul, doutor ?

- Não, todo mordido.

  
*NO DEPARTAMENTO DE IMIGRAÇÃO*

- Sexo?

- 3 vezes por semana

- Não... eu quero dizer masculino ou feminino.

- Não importa.


*NO UROLOGISTA*

*Uma mulher, toda boazuda, vai ao consultório médico:*

- Doutor, queria que fizesse algo pelo meu marido...
Algo que o fizesse ficar como um touro!


- Pois bem, vamos começar agora mesmo pelos chifres...


*NO PLANTÃO MÉDICO*

*O sujeito vai ao hospital, caindo de bêbado.
Durante a consulta, vêm as perguntas de praxe:*


- Nome?

- Juvenal dos Santos!

- Idade?

- 32 anos.

- O senhor bebe?

- Vou aceitar um gole, mas só pra te acompanhar!


*NO LAR PARA IDOSOS*

Dois velhinhos conversando:

- Você prefere sexo ou Natal?

- Sexo, claro! Natal tem todo ano, enjoa.


*NA PESCARIA*

A portuguesinha de 10 anos vai pescar com o pai e volta com o rosto todo
inchado.

A mãe, assustada, pergunta:

- Minha filha, que houve?

- Foi um marimbondo, mamãe...

- Ele te picou ?

- Não deu tempo, o papai matou ele com o remo.

  
*NO GERIATRA*

O médico atende um velhinho milionário que tinha começado a usar um
revolucionário aparelho de audição:

- E aí, seu Almeida, está gostando do aparelho?

- É muito bom..

- Sua família gostou?

- Ainda não contei para ninguém, mas já mudei meu testamento três vezes

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Casamento na roça


Lá na roça, um menino e uma menina foram criados juntos, desde que eram bem miudin...

O tempo foi passano, passano, eles foi creceno, creceno.

Aí se casaro.

No dia do casório, sacumé, povo da roça não viaja na lua de mér, já vai direto pra casinha de pau a pique.

Chegano lá na casinha, o Zé, muito tímido, vira para Maria e fala:

- Ó Maria, nois vai tirano a rôpa, mais ocê num mi óia, nem ieu ti óio, vamu ficar dis costa.

Maria responde:

- Tá bão Zé. Intaum eu num ti óio e ocê num mi óia, cumbinado.

Nisso Maria abre a malinha de papelão novinha que ganhou do pai, tira a camisola que ganhou da mãe.

Maria tira a roupa. Ao vestir a camisola notou que a mãe tinha lavado, ponhou no sór pra módi quará e ficá bem branquinha..

Tava um capricho só a camisola.

Só que a véia pra mode branquiá a camisola, lavô dimais qui incurtô a dita prá mais di parmo e usou goma demais prá passar a camisola, deixando muito engomada.

Maria então diz:

- Meu Deusducéu, cuma é qui eu vô drumi com um trem duro e piquininim desse?

Aí o Zé fala:

- Ah Maria! Assim num vale! Ocê mi oiô, né?..........

sábado, 7 de julho de 2012

Hoje tem!!! São Pedro Tôa Tôa


São Pedro Tôa Tôa
Data: 07 de Julho 2012
Local: Rancho Uchôa
Atrações: Flávio José, Dorgival Dantas, Estaka Zero, Cangáia de Jegue, Edigar Mão Branca, Cacau com Leite. Na Boate: Simone Sampaio, Abadaba e D.J. David
Telão com transmissão da luta de Anderson Silva

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Morre o radialista Miguel Côrtes


É com muito pesar que registramos o falecimento do radialista e amigo Miguel Silva Côrtes, 45 anos.

Côrtes era um dos sustentáculos do rock Conquistense, defensor da cultura alternativa e incentivador de diversas bandas de Vitória da Conquista e região. Foi participante ativo de todos os movimentos ligados a juventude de nossa cidade e acima de tudo um grande amigo.

Apresentava o programa Som da Tribo, exibido nas Rádios Cidade AM e Clube FM nas noites de sábado com grande audiência, tendo militado também por muitos anos na Rádio 100,1 (Transamérica Hits).

Miguel trabalhou por muitos anos na loja Spaço X e atualmente era funcionário da Linda Jóias. Faleceu nesta quinta-feira (05), em sua própria residência, a causa da morte ainda não foi divulgada.

O último adeus a Miguel Côrtes será no Centro de Cultura onde o corpo está sendo velado e o sepultamento nesta sexta-feira (06).


"Um dia, quando encerrar a peça da existência no pequeno palco de um túmulo diante de uma plateia em lágrimas, não quero que digam que ali jaz um homem famoso ou inteligente, mas um ser humano que aprendeu um pouco a vender sonhos para uma sociedade que deixou de sonhar". Augusto Cury.

Essa mensagem acho que retrata o que foi Miguel Côrtes. Vá em paz meu amigo.

quarta-feira, 4 de julho de 2012

Pequenas Notas - Academia do Papo por Paulo Pires

Por Paulo Pires

Olavo de Carvalho: O “nosso lado” e o “outro lado”

O filósofo Olavo de Carvalho, em seu livro Imbecil Coletivo, entre tantos temas que aborda, trata da questão do embate político ideológico colocando sobre a mesa a questão de “o nosso lado” e o lado antagônico, ou seja, o “outro lado”. O irônico e irritado filósofo assevera e nisso ele está tecnicamente correto que os políticos agem sob  o instinto de que quem faz parte do “nosso lado” é bom; E quem faz parte do “outro lado” não presta. Não importa quem esteja falando, mas de quem se esteja falando. O “outro lado” quando fala de si, o faz como “o nosso lado” e esse é o lado bom. O mesmo se dá com o “outro lado”  que também se julga o lado bom. Durma-se com um barulho desses. O filósofo Sartre dizia que “o inferno são os outros”. O jogo de palavras de Olavo é interessante. Ele é inteligente e parece gostar de dois dos seus principais defeitos. O primeiro deles: Ele é doido. O segundo: Não tem papas na língua. Quem conhece o filósofo considera que a sua loucura pode ser explicada pelo fato de ele mesmo se considerar o Pai do Pensamento Perfeito. Infelizmente muitas pessoas demonstram  desapreço às suas idéias e isso o deixa mais furioso ainda. Quanto a loucura dele e dos filósofos em geral, recomenda-se buscar o que disse o poeta Fernando Pessoa sobre esses seres maravilhosos.

Voltando ao filósofo brasileiro, pode-se informar que apesar de tudo, Olavo apresenta idéias originais para o debate inteligente no cenário cultural brasileiro. Boa prova disso é o seu fã clube, que é pequeno, mas constituído de ardorosos defensores. Alguns desses seguidores o tem como uma usina de idéias autênticas. Ninguém discute isso, mesmo que se discorde de muitas delas e principalmente como ele as defende.

Como todo filósofo que se preza, Olavo mantém um diálogo quase diário com os seus seguidores. Infelizmente, conforme informado acima, esses não são em grande número, mas lhe são muito fiéis. Um amigo também irônico assinala que esses são tão poucos que cabem numa Topic (aquele carrinho que o pessoal usa prá vender cachorro quente em frente a Colégios).

Olavo é uma figura que devemos manter a vista. Não como atitude policialesca, mas principalmente pela natureza de sua originalidade. Ele sempre apronta.  Vivendo hoje nos Estados Unidos, os americanos parecem pouco receptivos ao seu currículo. Por causa desse desprezo acadêmico, o filósofo criou um Portal e é por este canal que ele dá aulas de filosofia, para trabalhar suas idéias. Nessas aparições ele coloca incisivamente seus ataques de modo brusco e esses golpes vão desde o mundo acadêmico brasileiro até chegar à nossa Política. Em um desses coléricos comentários o alvo foi o senhor Edir Macedo. Meu Deus! O homem não usou nenhum critério de moderação verbal para falar do Bispo da Igreja Universal. Vejam na internet.

Vendo-o em ação constata-se o seguinte: Olavo vive indignado com os seus pares. A Imprensa e a Academia brasileira lhe provocam ressentimentos diários. Depois de ter passado por quase toda mídia impressa brasileira, o filósofo foi por ela dispensado e o mesmo ocorreu com as Universidades por onde passou. Ele atribui isso a formação de patotas para “tirá-lo” do cenário cultural do País, tudo orquestrado pelas patrulhas que estão do “outro lado”.  Esse negócio do “nosso lado” e “do outro lado” sempre perseguiu o filósofo. O pior de tudo é que para ele, parece haver dupla rejeição: Uma do “nosso lado” e a outra do “outro lado”. Para Olavo, assim como para muita gente, quando uma coisa dessa natureza se materializa o maior dilema reside na seguinte questão: “De que lado ficar?”. Ou não há mais lado?

domingo, 1 de julho de 2012

Lei seca - O Bêbado

O Bêbado

Fui a uma festa de despedida de solteiro em uma chácara aqui perto, do meu amigo. A galera toda lá. Muita cerveja, uísque, vinho. A noite prometia.
Muitas gatinhas. Galera animada.

Saí de lá nem sei que horas. Travado! Indo pela rodovia, avistei algo que se tornou o terror dos festeiros...

Uma blitz!!!

Comecei a rezar para tudo quanto era santo. Mas... fui sorteado. Quando parei, quase atropelei o guarda. Tava ruim. O guarda pediu para eu descer do
carro. Quase não consegui.

Aí o pesadelo aumentou. Ouvi o que qualquer bêbado teme:
- Vamos fazer o teste do bafômetro !

Tô frito! Pensei. Quando, ao que parece, os santos resolveram me atender.

Um
caminhão bate na outra pista e espalha toda a sua carga... Os guardas
imediatamente me dizem:

- Vá embora, vamos socorrer aquele acidente!!!

Eu, mais que depressa (ou pelo menos tentando), entrei no carro e fui
embora.

Feliz da vida. Hoje é meu dia de sorte, pensei. Cheguei em casa, guardei o
carro e, após agradecer aos santos pelo meu dia de sorte, fui dormir.

Tava feliz.

No outro dia, minha mãe me acorda às 7 da manhã me perguntando:

- Filho, de quem é aquela viatura da polícia estacionada dentro da nossa
garagem?


SE BEBER NÃO DIRIJA

SE DIRIGIR, USE O SEU VEÍCULO!!!